Backstage Experience Parque das Aves- Embaixadores 100fronteiras

671

O Parque das Aves convidou a 100fronteiras e seus embaixadores para realizar o Backstage Experience; foi uma hora e meia de muito aprendizado sobre os trabalhos feitos dentro da instituição.

Os embaixadores Lilian Grellmann, Rafhael Lovaski, Raphaela Padilha e Nayara Mayer vestiram a camisa da 100fronteiras e vivenciaram esse passeio pelas áreas operacionais.

Para entender melhor, você conhece o Backstage Experience do Parque das Aves? É um passeio dentro do parque que o leva a conhecer os bastidores da atração, diferente da trilha tradicional, tendo acesso a áreas restritas. Ali você pode ter um contato mais próximo com as aves.

Começamos a trilha acompanhados de nossa monitora, a qual explicou que duraria cerca de uma hora e meia. Logo nos encaminhou para a sala onde vestimos nossos coletes de backstage. Ela começou a nos guiar e explicar sobre o papel de preservação que eles realizam dentro da instituição com algumas aves que estão à beira da extinção.

No primeiro contato nos é apresentado sobre os treinamentos dos animais para atendimentos veterinários. É muito interessante entender o trabalho realizado.

Entramos no viveiro “Os Pequenos Marrons”, no qual encontramos aves pequenas que são nativas da Mata Atlântica e de coloração marrom, como jacutingas, mutuns, perdizes, macucos e outras. Ali tivemos a oportunidade de alimentá-las, dando uma espécie de lanche a elas.

Em seguida fomos encaminhados para a gaiola dos periquitos, habitada por diversas espécies de periquito. Lá nos foram entregues colheres de pau, e antes de entrarmos fomos orientados a zelar pelos animais e, ao entrar, colocar nossas colheres em cima do cipó. Na sequência, outro monitor colocou sementes e ração para conseguirmos dar às aves; uma verdadeira festa, uma experiência diferente e divertida.

Fomos encaminhados para um deque e recepcionados com um delicioso lanche da tarde. 

Fizemos logo a penúltima experiência, que foi com as lagartas, tendo a chance de segurá-las. Nossa monitora Gabriela nos contou que daquela lagarta se origina uma borboleta. 

Para finalizar entramos em contato com as araras, segurando-as; ocasião perfeita para fotos.

Acredito que todos deveriam viver essa experiência de se aproximar dessas aves e conhecer melhor o dia a dia delas, algo diferente do passeio convencional.




Deixe um comentário