Já reconhecido com várias premiações pela qualidade de seus atrativos, o turismo da usina de Itaipu, na fronteira do Brasil com o Paraguai, acaba de receber mais um reconhecimento importante do setor: o prêmio Melhor dos Melhores do Travellers’ Choice, promovido pelo site de viagens TripAdvisor.

O selo Traveller’s Choice 2020, uma espécie de Oscar do segmento de viagens, é o único prêmio concedido com base em avaliações e opiniões deixadas no site por milhões de viajantes de todo o mundo.

Para o general Eduardo Garrido, diretor-superintendente do Parque Tecnológico Itaipu, que administra o Complexo Turístico Itaipu (CTI), a premiação confirma a excepcionalidade dos atrativos da usina e é motivo de grande orgulho para todos os envolvidos nesse trabalho.

“Ficamos muito felizes porque essa chancela não só reconhece a qualidade dos atrativos da usina, que ano a ano vem aprimorando protocolos de atendimento e serviço, como os esforços de uma equipe inteira dedicada a oferecer com primazia uma experiência única e segura aos visitantes”, disse Garrido.

Para o diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna, essa premiação dá ainda mais tranquilidade para Itaipu continuar fazendo investimentos no turismo, carro-chefe da economia de Foz do Iguaçu.

“Estamos concentrando nossos esforços para ajudar na retomada da economia da cidade e esse prêmio mostra que estamos no caminho certo. Parabéns a todos os envolvidos.”

Foto: Kiko Sierich/PTI.

Fundado em 2002, o prêmio Melhor dos Melhores do Travellers’ Choice é a maior homenagem que o TripAdvisor concede. Só recebem o selo 10% dos atrativos, hotéis e restaurantes reconhecidos como melhores entre os melhores em serviço, qualidade e satisfação do cliente para acomodações, destinos, atrações, restaurantes e experiências.

Os vencedores do prêmio são selecionados anualmente com base no feedback de milhões de membros do TripAdvisor. A premiação destaca as escolhas populares e as “experiências verdadeiramente excepcionais que fazem os viajantes voltarem”, como informa o portal.

Foto: Kiko Sierich/PTI.

Reconhecimentos

No último dia 24, o CTI foi contemplado com a certificação de responsabilidade sanitária e selo de ambiente protegido. Foi o primeiro atrativo de Foz do Iguaçu a receber a chancela, concedida pela Secretaria Municipal de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Sebrae-PR e Conselho Municipal de Turismo (Comtur).

A outorga atesta os atrativos turísticos, meios de hospedagem, restaurantes e demais estabelecimentos que cumprem os protocolos de segurança sanitária no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Complexo Turístico Itaipu

O Complexo Turístico Itaipu reabriu as atividades no dia 22 de julho. Com o reforço das medidas sanitárias para resguardar os trabalhadores e atender o visitante de forma segura, a operação retornou de maneira limitada.

Inicialmente, foi reaberta apenas a Visita Panorâmica, que possibilita aos turistas uma visão privilegiada da usina. O passeio acontece de hora em hora, das 9h às 16h.

Foto: Kiko Sierich/PTI.

Turismo de Itaipu

Desde 1976, quando foi aberta para visitação, a Itaipu já recebeu mais de 24 milhões de turistas. Em 2019, Itaipu fechou o ano com 1.028.225 visitantes, estabelecendo um novo recorde de visitação anual, considerando os números das duas margens.

Com as campanhas e melhorias planejadas para o turismo, espera-se superar a marca de 2 milhões de visitantes em um único ano, até 2023.

Itaipu também montou um cronograma de revitalização para todos os atrativos do complexo turístico, que será implementado a partir deste ano.

Foto: Kiko Sierich/PTI.

A primeira fase das obras no Mirante do Vertedouro já foi finalizada. Também serão feitas melhorias no Centro de Recepção de Visitantes, Mirante Central e Ecomuseu.

TripAdvisor: https://www.tripadvisor.com.br/Attraction_Review-g303444-d318113-Reviews-Itaipu_Dam-Foz_do_Iguacu_State_of_Parana.html

A Itaipu

Com 20 unidades geradoras e 14 mil MW de potência instalada, a Itaipu Binacional é líder mundial na geração de energia limpa e renovável, tendo produzido, desde 1984, 2,7 bilhões de MWh. Em 2016, a usina brasileira e paraguaia retomou o recorde mundial anual de geração de energia, com a marca de 103.098.366 MWh. A hidrelétrica é responsável pelo abastecimento de aproximadamente 15% de toda a energia consumida pelo Brasil e de 90% do Paraguai.

Deixe um comentário

Deixe a sua opinião