Com o aumento do número de casos do novo coronavírus em Foz do Iguaçu — até esta sexta, 10, 1.586 —, o Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC) reforça a importância do serviço da Teleorientação. O atendimento funciona de segunda a sexta-feira, das 7 às 19h, e nos sábados, domingos e feriados das 8h às 12h e das 14h às 18 horas.

Um grupo formado por 23 profissionais capacitados repassa aos usuários do plano de saúde do HMCC, do Itamed, a aos colaboradores da Fundação de Saúde Itaiguapy e beneficiários da Itaipu, orientações sobre como e onde buscar atendimento para casos suspeitos de covid-19.

O grupo é formado por 18 médicos, duas psicólogas e duas telefonistas que atendem pelo telefone 3576-8300, e respondem a dúvidas sobre sintomas, isolamento social, qual local designado para auxílio médico e quando procurar atendimento hospitalar. “O serviço tem objetivo de reduzir o número de atendimentos presenciais em casos de sintomas leves, para que o tempo de espera no pronto atendimento seja menor”, explicou Dr. Nilton de Nadai, supervisor médico da Teleorientação. De acordo com ele, caso seja evidenciado algum sinal de gravidade, os pacientes serão encaminhados imediatamente ao hospital.

Além das orientações gerais, a teleorientação é responsável ainda por informar os resultados dos testes RT-PCR realizados no HMCC, e ainda, oferecer suporte psicológico e monitorar todos os casos confirmados.

Segundo o médico, o serviço está em expansão, e prevê a implementação de uma ferramenta de telemedicina, e a aplicação de uma ferramenta de inteligência artificial para monitorar os pacientes (LauraBot).

“Estamos investindo em tecnologia para melhorar a segurança do paciente e qualidade do atendimento no HMCC”, finalizou Dr. Nilton.

Números

Desde o início (6 de abril) o serviço já realizou mais de 5 mil atendimentos.

Atendimentos

O Pronto Atendimento Respiratório de pacientes adultos e pediátricos com queixas gripais (coriza, tosse, falta de ar e febre) está localizado na Av. Gramado, 580, nas dependências do HMCC.

Cuide-se:

  • Use sempre máscara.
  • Lave as mãos por pelo menos 20 segundos com água e sabão ou higienize com álcool 70%, sempre que possível. A higiene das mãos é fundamental para evitar problemas de saúde.
  • Mantenha uma distância segura de qualquer pessoa que esteja tossindo ou espirrando.
  • Não toque nos olhos, no nariz ou na boca.
  • Quando tossir ou espirrar, cubra o nariz e a boca com o cotovelo dobrado ou um tecido.
  • Se você tiver febre, tosse e dificuldade para respirar, procure assistência médica. Ligue para a teleorientação antes de sair.
  • Não saia de casa. Se for necessário, EVITE lugares aglomerados e/ou fechados;
  • Não compartilhe objetos de uso pessoal;

Deixe um comentário

Deixe a sua opinião