Por até 7 dias, as atividades comerciais, gastronômicas, de serviços e atividades religiosas coletivas poderão funcionar somente até às 20h. O bairro está com 19 casos ativos da doença, de acordo com o Mapa de Calor, divulgado dentro do Boletim Epidemiológico.

Só poderão circular no horário das 21h às 5h pessoas com os seguintes motivos: para aquisição de medicamentos, produtos médico-hospitalares e produtos veterinários; para comparecimento, próprio ou de outra pessoa, na condição de acompanhante, em consultas ou realização de exames médico-hospitalares, nos casos de problemas de saúde inadiáveis; para realização de trabalho, se exercer função nas áreas de saúde, segurança e assistência social.

Nos casos permitidos de circulação de pessoas é obrigatório o uso de máscara. Só poderão circular no máximo dois membros por família, quando necessário, exceto para os casos acima mencionados. Fica determinada ainda a proibição de realização de festas, reuniões e eventos familiares que gerem aglomeração.

A medida de restrição tem validade para o perímetro compreendido entre:

  • Avenida João Paulo II com Avenida Costa e Silva;
  • Avenida Costa e Silva com Avenida Pôr do Sol;
  • Avenida Pôr do Sol com Rua Tietê;
  • Rua Tietê com Avenida João Paulo II.

Equipes da Guarda Municipal, Defesa Civil, Vigilância em Saúde e de Fiscalização da Secretaria da Fazenda realizarão ações de orientação e fiscalização neste período para garantir o cumprimento das medidas de controle e prevenção a COVID-19.

Deixe um comentário

Deixe a sua opinião