O Parque das Aves, localizado em Foz do Iguaçu, volta a receber visitantes a partir de 1 de setembro.

Toda a equipe está preparada e ansiosa com a data de reabertura, e os preparativos finais estão sendo executados há semanas.

Ontem, 19 de agosto, o Parque recebeu o Certificado de Segurança Sanitária e o Selo de Ambiente Protegido da Prefeitura de Foz do Iguaçu, atestando que está apto a receber visitantes com segurança.

“Estamos muito felizes de termos uma data para reabertura! A comunidade vai gostar muito das novidades que temos, principalmente na área do restaurante e no Viveiro Cecropia”, comenta Carmel Croukamp, diretora geral do Parque das Aves.

A partir de 1 de setembro, o Parque vai funcionar de terça a domingo, das 8h30 às 17h.

O atrativo fechou suas portas para visitas no dia 17 de março devido ao Covid-19, e reabriu no dia 10 de junho, aniversário de Foz do Iguaçu. Por conta do aumento de número de casos na cidade, ele voltou a fechar no dia 23 de junho.

Muitas novidades

Para receber os visitantes, a equipe do Parque das Aves já havia feito diversas mudanças na trilha em junho. E para a nova reabertura, outras melhorias foram realizadas.

As reformas, que utilizaram materiais reciclados de outros lugares do Parque, realizadas pelos funcionários da área da manutenção, visaram principalmente garantir o distanciamento físico dos visitantes durante o passeio no atrativo.

Foto: Arquivo – Parque das Aves.

Mas ao final, elas também trouxeram algumas mudanças expressivas na trilha, principalmente na região do recinto dos flamingos e do restaurante.

“Já no início da trilha do Parque, o visitante vai notar que o recinto dos flamingos foi ampliado e a trilha mudou de posição. Dessa maneira incentivamos ainda mais o distanciamento físico entre as pessoas, e facilitamos o deslocamento do visitante no Parque, pois agora ele pode ter acesso ao restaurante e à loja antes de iniciar o passeio”, comenta Carmel.

A grande novidade da retomada das atividades é o Viveiro Cecropia, que já está disponível para quem visita o Parque das Aves. Nele o turista vai poder ter contato com quase 300 periquitos e 20 tucanos de resgate, em uma estrutura de quase 4 mil metros quadrados e 22 metros de altura: o maior viveiro de aves do Brasil.

“Estamos muito animados para receber os visitantes em nosso novo viveiro, e dividir com eles a emoção de ver bandos de periquitos voando ao mesmo tempo, ou tucanos embrenhados na mata. Esperamos que a comunidade iguaçuense goste da novidade”, comenta Carmel.

A visita

Para facilitar a entrada no Parque, o atrativo recomenda que o visitante adquira seu ingresso pelo site tickets.parquedasaves.com.br.

Lá ele escolhe a data e hora do passeio. São 300 vagas disponíveis por hora. O Parque das Aves vai funcionar de terça a domingo, das 8h30 às 17h.

Para entrar no atrativo não há restrição de idade, mas o uso de máscaras é obrigatório durante todo o passeio, inclusive para tirar fotos. A trilha foi toda adaptada para garantir o distanciamento físico entre grupos diferentes, e as portas dos viveiros abrem na direção da caminhada, evitando que o visitante tenha que tocar nas estruturas durante o trajeto.

Foto: Arquivo – Parque das Aves.

Moradores de Foz do Iguaçu e municípios lindeiros ao Parque Nacional do Iguaçu, onde estão as Cataratas, pagam R$ 10 por pessoa mediante apresentação de comprovante de residência em próprio nome.

Deixe um comentário

Deixe a sua opinião