Mais de 5 milhões de turistas viajaram pela Argentina nessas férias de inverno – desses, 420 mil eram estrangeiros. Puerto Iguazú foi uma das cidades mais visitadas, assim como Bariloche, San Martín de los Andes, Carlos Paz e Tandil. O fluxo alto de visitações está superando até mesmo as boas expectativas dos argentinos.

O ministro do Turismo e dos Esportes, Matías Lammens, reporta que os números de movimentação turística voltam a superar as temporadas pré-pandemia e ainda destaca que não considera mais a conjuntura atual como uma fase de recuperação do setor, já que existe um notável crescimento do turismo em todo o país,

Cataratas do Iguazú - Argentina
Foto: Pixabay.

Puerto Iguazú apresentou forte recuperação do turismo brasileiro, ficando 12% acima dos dados registrados na pré-pandemia. Além disso, teve uma taxa média de ocupação hoteleira de 93% – próxima a taxa mais alta da temporada, de Bariloche (95%). A cidade das Cataratas também ganha destaque entre os destinos aéreos da Argentina.

O crescimento do turismo local se faz positivo no restabelecimento do setor após o impacto da pandemia. Ao todo, estima-se a circulação de 250 milhões de turistas internacionais em todo o mundo nos cinco primeiros meses de 2022. Na América, o número dobrou em relação aos turistas registrados de janeiro à maio de 2021.

A Organização Mundial do Turismo afirma que a estável demanda do período de férias do verão do hemisfério norte/inverno do hemisfério sul deve consolidar esses resultados positivos, em especial, com a flexibilização ou eliminação das restrições em mais e mais destinos.



Comentários

Deixe a sua opinião