Aldo Dagostim presidente Sicredi Vanguarda fala sobre o cooperativismo em crescimento regional

O presidente da Sicredi Vanguarda, Aldo Dagostim, participou da live 100fronteiras nessa quarta-feira (1º), em uma entrevista com o editor Denys Grellmann, na qual contou um pouco de sua trajetória e sobre a carreira no cooperativismo, que vem crescendo na região.

Iniciou sua carreira no sistema financeiro e em cooperativa de crédito trabalhando por sete anos na auditoria do Sicredi central da capital, Curitiba, de onde acabou indo para Porto Alegre com o cargo de gerente de Controladoria Sicredi, e cerca de 18 anos atrás retornou a nossa região, tendo grande reconhecimento por seus trabalhos, e foi convidado a assumir a presidência.

Sua paixão pelo cooperativismo já ganhou forma desde o começo de sua vida profissional, pois já tem mais de 30 anos trabalhando em cooperativas de crédito e de produção. Aldo acredita que cooperar é um modelo de negócios muito atual e funciona com excelência, e – bem desenvolvido pelo Sicredi – é um modelo em que as pessoas são donas do negócio e têm o poder de participar da decisão.

Denys questionou para Aldo qual o diferencial do cooperativismo do Sicredi em relação ao sistema de outros bancos. “Bancos são sociedades que pertencem a uma ou duas pessoas, o Sicredi é uma sociedade de pessoas, aqui valorizamos as pessoas, participando efetivamente do resultado da cooperativa, e temos transparência na gestão, convidamos para a prestação de contas.”

O presidente conta que aqueles que investem no Sicredi estão investindo em sua região, para o comércio, serviços e negócios. Diferentemente de uma corretora de investimentos, em que seu dinheiro pode ser valorizado apenas em outro local. Esse é um enorme diferencial da cooperativa.

Nestes últimos anos, o Sicredi cresceu e está em quase todos os estados do Brasil, e a Vanguarda abrange a região de São Paulo, Paraná e Rio de Janeiro. O crescimento da Vanguarda neste ano nessas regiões foi de 27%, cerca de R$ 4 bilhões de recursos.

Em fase de pandemia é importante sabermos: de que forma o Sicredi se faz presente para os empresários nesse momento? “Um momento de grandes incertezas, não conseguimos prever o que vai acontecer. O Sicredi sempre esteve ao lado de seu associado e não será agora que deixaremos de lado, e procuramos fazer tudo que estiver ao nosso alcance para que a gente atenda a todos eles, tanto empresários como pessoas físicas e profissional liberal.”

Nesta quarentena o atendimento aos clientes continua, pois o Sicredi está buscando explorar todas as suas plataformas de atendimento, como o WhatsApp ou ligações. E em caso de liberação de atendimento ao público, conforme as ordens municipais, as agências serão todas esterilizadas frequentemente e manterão um atendimento personalizado para a não propagação do vírus.

O presidente acredita ser um momento para evitar pânico e que todos devemos superar essa crise juntos, afinal a união faz parte do cooperativismo.

Participe da comunidade 100fronteiras. Apoie o jornalismo local!

Apoiando o jornalismo local, você valoriza a sua cidade, seu estado e seu país.

Nossa equipe está diariamente trazendo notícias da Tríplice Fronteira, apresentando novos lugares, com isso você receberá conteúdos exclusivos e brindes.

Participe já do nosso grupo do WhatsApp ou interaja em nosso Telegram.

Nos encontramos lá, até mais

Newsletter

Ama a tríplice fronteira tanto quanto nós? Assine a newsletter 100fronteiras e receba conteúdo exclusivo. Seu apoio aprimora nosso trabalho para que possamos ajudar a aprofundar sua conexão com Ciudad del Este, Foz do Iguaçu e Puerto Iguazú enquanto investimos no futuro do jornalismo local.

Participe da comunidade 100fronteiras

Apoiando o jornalismo local, você valoriza a sua cidade, seu estado e a integração dos três países. Nossa equipe está diariamente trazendo notícias da fronteira, apresentando novos lugares, histórias. Assinando você receberá conteúdos e promoções exclusivas.

Entre em nosso grupo do Whatsapp. Apoie a mídia local!

Nos encontramos lá, até mais!



Deixe a sua opinião