Airbnb destina mais de 1 bilhão de reais aos anfitriões afetados por cancelamento

Quem é iguaçuense de coração tem algum amigo ou familiar que compartilha espaços em suas propriedades para os viajantes da plataforma Airbnb.

Segundo pesquisa divulgada pela plataforma em 2018, 53% dos anfitriões brasileiros alugam imóveis para uma renda extra, enquanto 44% precisam desse dinheiro para pagar as contas no fim do mês.

Diante do cenário da pandemia de covid-19, com o objetivo de não prejudicar os hóspedes e anfitriões, o Airbnb abriu mão das taxas padrão de cancelamento, para aqueles cancelamentos motivados pelo quadro de isolamento social. Portanto está reembolsando as taxas ou fornecendo crédito para futuras viagens.

O motivo dessa iniciativa parte da Política de Causas de Força Maior da empresa. Com o surto de coronavírus, ela começou a funcionar no seguinte sistema:

Reservas e experiências feitas até o dia 14 de março de 2020, com data de check-in do dia 14 de março até 31 de maio, estão cobertas pela política e podem ser canceladas antes do check-in. Para cancelar de acordo com a política, deve comprovar os fatos ou fornecer documentos que comprovam sua causa de força maior.

Essa política não se aplica ao Airbnb Luxe e à Luxury Retreats. Para esses existem políticas específicas.

Aos anfitriões, o Airbnb pagará 25% do valor da reserva

Se um hóspede cancelar uma reserva de acomodação com check-in entre 14 de março e 31 de maio, devido a uma circunstância relacionada à covid-19, o Airbnb pagará 25% ao anfitrião do que normalmente receberia, segundo sua política de cancelamento. Ou seja, se a política de cancelamento era de R$ 100, o anfitrião receberá R$ 25.

Basta entrar em contato com o número 0800 878 7918 para informar algum cancelamento ou retirar o valor.

Para mais informações sobre o suporte clique aqui

Carta do CEO

No dia 30 de março, o cofundador, CEO e chefe de comunidade Brian Chesky, do Airbnb, mandou uma carta ao e-mail dos anfitriões descrevendo as ações realizadas para apoiá-los durante a pandemia. Para aqueles que possuem o status de Superhost, ou seja, aqueles mais experientes e bem avaliados na plataforma, a empresa criou um fundo de US$ 10 milhões para ajudar.

Clique aqui para saber mais

Cancelamentos feitos antes do anúncio do dia 30 de março também podem recorrer ao benefício desde que se adaptem à Política de Causas de Força Maior.

Trata-se de uma maneira consciente de administrar uma plataforma tão grandiosa que é meio de sustento para muitas pessoas ao redor do mundo, no Brasil e na fronteira.

Newsletter

Ama a tríplice fronteira tanto quanto nós? Assine a newsletter 100fronteiras e receba conteúdo exclusivo. Seu apoio aprimora nosso trabalho para que possamos ajudar a aprofundar sua conexão com Ciudad del Este, Foz do Iguaçu e Puerto Iguazú enquanto investimos no futuro do jornalismo local.

Participe da comunidade 100fronteiras

Apoiando o jornalismo local, você valoriza a sua cidade, seu estado e a integração dos três países. Nossa equipe está diariamente trazendo notícias da fronteira, apresentando novos lugares, histórias. Assinando você receberá conteúdos e promoções exclusivas.

Entre em nosso grupo do Whatsapp. Apoie a mídia local!

Nos encontramos lá, até mais!



Deixe a sua opinião