banner-foz-itaipu-foz

Foz do Iguaçu, 107 anos de emancipação política, e o turismo é parte dessa história. A cidade é dependente do turismo. Grande parte da população vive exclusivamente da atividade ou é indiretamente beneficiada com a renda aqui deixada pelo visitante. É evidente perceber que mercearias, oficinas mecânicas, farmácias, postos de gasolina, ou qualquer outro estabelecimento comercial, não possuem o mesmo fluxo de negócios sem o visitante, pois parte de sua clientela desaparece, já que é da atividade turística que seus clientes dependem.

Sentimos muito isso com a pandemia, vimos empresas sucumbirem diante da estagnação de seus ganhos e sem uma projeção futura de retomada. São empresas diretamente envolvidas com o setor, mas não é uma exclusividade do turismo. Sem o dinheiro do turista circulando, todos sentimos. E isso marca toda a história desta cidade. 

Ao completar mais um ano, o setor turístico de Foz é o mais esperançoso. Está saudoso de ver nossa cidade com rostos alegres de várias regiões brasileiras misturando-se aos mais variados idiomas do mundo.

“Parabéns, Foz do Iguaçu. Parabéns a toda cadeia turística de uma cidade que se especializou e segue o caminho do bem receber. Não existe uma Foz do Iguaçu sem o trabalho e a dedicação do turismo. Nessa data, temos que comemorar isso cheios de esperança numa breve retomada turística, com hotéis e atrativos repletos de visitantes. Isso vai acontecer. Temos certeza que, com a união de esforços e com ações bem planejadas, em breve, teremos de volta nossa Foz do Iguaçu do bem receber.” Yuri Benites – presidente do Comtur – Conselho Municipal de Turismo

Yuri Benites -

“Eu acredito em Foz do Iguaçu. Acredito na força e na vontade dos empresários que, assim como eu, querem uma cidade mais desenvolvida, mais sustentável, inovadora, inteligente e, principalmente, uma cidade mais turística. Essa cidade só pode existir com a união de esforços daqueles que fazem acontecer, assim como a Gestão Integrada do Destino Iguaçu. Parabéns, Foz do Iguaçu, por seus 107 anos. Temos um mundo a conquistar.” Paulo Angelisecretário municipal de Turismo

Paulo Angeli

“Foz do Iguaçu é uma cidade que está intimamente ligada ao passado e ao presente de Itaipu. E vamos sempre contribuir para que seja uma cidade com um futuro cada vez melhor, com obras que vão transformar a economia e trazer mais bem-estar a toda a nossa gente. A Itaipu é iguaçuense como os moradores daqui, e é com o sentimento de quem aqui vive e produz que expressamos o nosso amor e respeito por esta cidade.” General João Francisco Ferreiradiretor-geral brasileiro de Itaipu Binacional

General João Francisco Ferreira Foto Rubens Fraulini Itaipu Binacional

“Foz do Iguaçu é sinônimo de felicidade, belezas naturais, mas principalmente de união de povos. E é essa união que colocamos em prática ao trabalhar o turismo da cidade. Essa união de líderes do setor econômico formou a Gestão Integrada do Turismo, uma verdadeira representação de um setor econômico que, antes da pandemia, empregava praticamente um terço da população, e hoje segue esperançosa para que, em um breve espaço de tempo, recoloque nossa cidade em um lugar de destaque no coração dos visitantes.” Felipe Gonzalez – presidente do Visit Iguassu

FELIPE GONZALEZ

“Vivemos o momento mais desafiador da nossa história recente. A pandemia continua a impactar a hotelaria e gastronomia. Este aniversário de 107 anos de Foz do Iguaçu sugere uma reflexão sobre os nossos ciclos econômicos e as dificuldades enfrentadas desde a emancipação do município. Com união e trabalho superamos todas as adversidades ao longo das últimas décadas. É esse olhar ao passado que nos enche de esperança e força para vencermos, juntos, os desafios atuais e voltarmos a ser o destino do mundo.” Neuso Rafagnin – presidente do Sindhotéis

Presidente do Sindhotéis, Neuso Rafagnin

“A história do turismo se une com a de Foz e com a do Fundo Iguaçu, pois somos parceiros constantes no fomento de uma região turística cada vez mais preparada e melhor estruturada para receber nosso turista. Esse modelo da Gestão Integrada do Turismo gera emprego, distribui renda e consequentemente é benéfico para a população como um todo.” Enio Eidt – presidente do Fundo Iguaçu

Enio Eidt

Diálogos 100fronteiras

Deixe a sua opinião