Contato

+55 (45) 3025-2829

Whatsapp

+55 (45) 9118-2401

Foz do Iguaçu

PAS: qualidade e segurança na alimentação

PAS: qualidade e segurança na alimentação
Patrícia Buche Patrícia Buche
21/09/2016 11:12hs

Fotos: Patrícia Buche

 

A preocupação com os estabelecimentos comerciais como bares e restaurantes é grande. Isso porque, como se trata de lugares que oferecem alimentos, é preciso ficar atento não só à qualidade dos produtos como também à segurança dos consumidores. Para isso, as empresas procuram adequar-se às normas exigidas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e podem contar com o serviço de assessoria do Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) por meio do Programa Alimento Seguro (PAS), que é um atestado de conformidade com relação à alimentação.

PAS: qualidade e segurança na alimentação

 

Segundo a nutricionista Gislene Pinheiro, o PAS é um recurso para garantir alimento de qualidade ao consumidor. Para isso, é necessário que a empresa esteja disposta a investir, pois essa assessoria exige tempo, disposição e dinheiro. A vistoria é realizada tanto na estrutura quanto na higiene pessoal de cada funcionário, higienização dos equipamentos, lavanderia, comidas, uniformes e fornecedores. É uma fiscalização detalhada para garantir que o estabelecimento ofereça segurança e qualidade na alimentação para os clientes. Além disso, é um trabalho que envolve toda a equipe. Os funcionários recebem treinamentos e palestras de nutricionistas do PAS, que também fiscalizam a nutricionista que trabalha na empresa.

 

Em Foz do Iguaçu, apesar do grande número de bares e restaurantes, pouquíssimas empresas possuem o atestado. Isso porque não se interessaram em adquirir o PAS ou então não conseguem concluir as mudanças exigidas pelo Senac. Como explica Gislene, a certificação tem validade de um ano e precisa ser renovada. Para isso, quando se completa esse prazo, a empresa deve informar os auditores responsáveis, para que eles façam nova vistoria no estabelecimento e verifiquem se as mudanças realizadas ainda existem. O dia da auditoria é surpresa, sendo divulgado apenas o período justamente para saber se o local está funcionando corretamente. Caso eles percebam que a empresa regrediu, o atestado é retirado. Por isso, esse não é somente um trabalho para adequar o estabelecimento às normas de segurança e qualidade de alimentação, mas também um desafio para manter o nível. Assim, todos os dias os funcionários precisam ajustar cada detalhe envolvido nesse processo para preservar o padrão.

 

A importância de um profissional de nutrição

PAS: qualidade e segurança na alimentação

 

Para as empresas do ramo alimentício é muito importante ter o acompanhamento de um nutricionista, pois ele está ali para fiscalizar e corrigir o que está errado, tanto na parte burocrática como no treinamento, controle de água, controle de funcionários e higiene pessoal deles. Tudo é documentado, e as funções dos colaboradores também são separadas por planilha para manter o controle e a qualidade. “A empresa que não tem um profissional deste não vai conseguir fiscalizar, porque a função do profissional é olhar, ver o que tem de errado e fazer com que as pessoas trabalhem corretamente. Ele faz cumprir a legislação”, explica Gislene.

 

Um desafio que vale a pena

 

Gislene é nutricionista na 4 Sorelle, empresa que conquistou o PAS neste ano. Ela conta que eles iniciaram o processo de mudança em julho de 2015 e foi necessário fazer uma grande reforma no estabelecimento. “A qualidade já tínhamos antes. Uma coisa é você saber o que já tem e outra é o consumidor ter certeza, ter uma garantia de que a empresa possui um atestado. Nós temos essa garantia de que o cliente, a hora que chegar aqui, vai ter uma alimentação de qualidade.” Ela acompanhou todo o processo de mudança e relata que cada dia era um desafio, pois havia um prazo final para concluírem esse processo, além de que a empresa possui cerca de 30 funcionários e foi preciso que todos estivessem dispostos à mudança, pois esse é um trabalho em equipe.

 

A maior modificação feita pela 4 Sorelle foi em relação à estrutura e equipamentos. Isso teve um custo muito alto, pois envolveu a pintura, reforma da lavanderia e aquisição de novos equipamentos, os quais precisam estar impecáveis sempre. Outro desafio enfrentado pela equipe foi fazer com que o trabalho na cozinha tivesse um fluxo sem que houvesse cruzamento, evitando-se assim a contaminação dos alimentos.

 

Essas adaptações foram fiscalizadas pela equipe do Senac, que a cada 15 dias, ou uma vez por semana, ia até a empresa vistoriar o trabalho dos profissionais e garantir que as mudanças estivessem de acordo com o que é exigido pelo PAS. Após a conclusão das reformas, o estabelecimento conseguiu o atestado em abril deste ano.

 

Mas o trabalho não parou. Diariamente Gislene e toda a equipe se empenham para manter o funcionamento adequado do restaurante e garantir que tudo esteja em perfeito estado. “É algo que a gente tem que dar continuidade. Sempre o desafio maior é manter, porque é um trabalho diário. Sempre tem troca de funcionários, então temos que treinar esses profissionais. Antes tinha o pessoal que nos treinava, agora não, agora é só a equipe”, destaca a nutricionista.

 

Mesmo com tanto esforço e investimento, o resultado valeu a pena, e eles estão fazendo de tudo para manter o PAS. “Para nós foi uma conquista bem grande, mas hoje estamos satisfeitos de saber que conseguimos algo que não é fácil e também garantir que nossos clientes tenham a qualidade e a segurança. O cliente quer garantia, e essa é a forma que eu posso garantir ao cliente, que ele está vindo na 4 Sorelle porque temos qualidade e não só nome.”

 

Serviço:

Cantina 4 Sorelle

Endereço: Rua Almirante Barroso, 1.336 – Centro, Foz do Iguaçu

Telefone: (45) 3523-1707

Leia também

Seu corpo pede cuidados neste inverno

Seu corpo pede cuidados neste inverno
Colaboração: Jota Diniz   É comum as pessoas sentirem mais fome no inverno. Isso porque o gasto energético é maior. Devido ao frio, o organismo aumenta seu esforço para manter a temperatura normal do corpo, por isso as pessoas tendem a comer mais. E o que é pior: abusam de alimentos...