Contato

+55 (45) 3025-2829

Whatsapp

+55 (45) 9118-2401

Foz do Iguaçu

Carolina Kohlenberger Bazzi - Meu Jeito de Ser

Carolina Kohlenberger Bazzi - Meu Jeito de Ser
100Fronteiras 100Fronteiras
15/09/2017 09:53hs

Campeã mundial aos 18 anos na categoria 1º dan, em julho de 2017, Carolina Kohlenberger Bazzi pratica taekwondo desde pequena por influência do pai, Samy Bazzi, primeiro faixa-preta Songahm no Brasil. Depois de anos treinando, ela conta que não se vê sem essa arte marcial. “Não é só um esporte, e sim um estilo de vida.”

 

kohlemeujeito

 

 

Em 2015, Carol fez um intercâmbio nos Estados Unidos, na cidade de Little Rock, sede da ATA (American Taekwondo Association). Durante os nove meses que passou lá, teve a oportunidade de treinar com grand masters e chief masters e ganhar sua tão sonhada faixa preta. “Essa experiência única alimentou muito o meu amor pelo taekwondo”, e desde então tem participado de diversos campeonatos.

 

Alguns dos mais importantes:

- Campeã Pan-Americana 2013

- Nacional Champ USA 2015

- StateChamp, Arkansas 2015/2016

- Campeã Brasileira 2016

- Campeã Mundial 2017

kohlemeujeito

 

Além dos treinos tradicionais do taekwondo – que incluem fórmula, armas, sparring e combate –, ela também treina diariamente o sistema aeróbico e defesa pessoal na academia ATA Foz. No mês de julho, Carol recebeu seu novo rank. “Agora sou oficialmente 2º dan e estou superansiosa para novos desafios.” Sua nova meta? O Campeonato Mundial na categoria 2º e 3º dan.

kohlemeujeito

 

Empatia. Essa é a palavra usada pelos amigos de Carol para descrevê-la. Sempre colocando os outros como prioridade, ela valoriza muito as pessoas que estão ao seu redor e que a apoiam.

kohlemeujeito

 

Outra paixão é viajar, conhecer novos lugares, novas culturas, modos diferentes de pensar; viver uma realidade diferente da sua. No topo de sua “bucket list”: viajar para a Áustria.

 

 

As Cataratas do Iguaçu possuem um lugar especial em sua memória. “Eu particularmente gosto de ir lá para lembrar da história do meu avô, Franz Kohlenberger, ‘O Homem das Cataratas’, que fez parte da história da nossa cidade.”

 

 

Ela considera os avôs, Franz Kohlenberger (em memória) e Nehme Bazzi, como exemplo de integridade e garra. “Eles sempre foram os pilares da minha família materna e paterna. Espero um dia poder ser como eles e difundir os princípios e valores que me ensinaram.” Recentemente, por inspiração de seu avô paterno, começou a estudar árabe.

 

 

Carol herdou seu alto astral e alegria contagiante da mãe, Alessandra, e da avó, Deise Kohlenberger, e é com elas que divide seu cotidiano e seus melhores momentos de lazer.

 

Texto: Nina Schmidt

Produção: Revista 100 Fronteiras

Local: Belmond Hotel das Cataratas e Cataratas do Iguaçu

Cabelo: Vânia Calv´årio (Salon London Hair)

Make: Meg Rodrigues (Salon London Hair)

Look: Bambina e acervo pessoal

 

Leia também

Cristina Lacki Samek e suas memórias

Cristina Lacki Samek e suas memórias
"Eu lembro até hoje, quando eles alimentavam os cavalos, aquele ‘crac crac’ dos milhos que os cavalos comiam"Cristina não se esquece do barulho que os animais faziam quando chegou a Foz do Iguaçu há 75 anos, em 1939.Mas para entender precisamos voltar ao tempo em que seus pais – que eram da Polônia – vieram conhecer a América do Sul. O...